Artrose e Atividade Física


O aumento significativo da produção científica na área de saúde (medicina, nutrição, educação física…) Associado ao maior Investimento na área de saneamento básico são apenas dois fatores citados como responsáveis pelo  aumento da longividade em indivíduos nos países em desenvolvimento, incluindo o brasil.

Uma das conseqüências negativas para este constante aumento da idade é o desgaste natural das articulações, particularmente a cartilagem, que é a estrutura que reveste as extremidades ósseas, resultando numa patologia denominada  artrose, osteoartrose ou osteoartrite. Obesidade, sedentarismo, alterações posturais nos membros inferiores e excesso de exercícios sem orientação profissional (periodização do treinamento), são outros fatores contribuintes. Condromalácia ou condropatia patelar é a forma de artrose, mais prevalente entre as mulheres. No “desespero” de emagrecer e ganhar  músculos rapidamente nas pernas e glúteos, elas realizam diversas modalidades de uma só vez: spinning, jump, step, corrida, musculação,etc., e quando as pernas ficam bonitas e torneadas, o que fazem? Usam sapato alto freqüentemente, o que é um veneno para esta patologia.

 

A atividade física bem planejada pelo educador físico além de fortalecer os músculos, fortalece também as demais estruturas circundantes: cartilagem, ossos ,tendões, meniscos e ligamentos. Por isso é importante seguir a orientação do profissional de educação física. No entanto, os alunos que possuem condromalacia patelar ou artrose, deveriam ser avaliados pelo fisioterapeuta Vinicius Galvão, munidos de exames de imagem (ressonância magnética, rx), para que fosse elaborado um programa de exercícios com suas devidas limitações e contra indicações.

 

O tratamento bem elaborado para o tratamento da condromalácia patelar deve incluir: perda progressiva da gordura corporal, alongamento de músculos específicos, crioterapia (gelo)  aplicada adequadamente, fortalecimento com exercícios em ângulos seguros e orientações gerais quanto às aulas permitidas, utilização de  tênis adequado, e uso de condroprotetores que são suplementos que tem por finalidade aumentar a resistência das cartilagens. Condroflex e Artolivre são os, mas conhecidos, porém muito caros.

Dica: o mesmo suplemento ,importado dos estados unidos, é encontrado por menos da metade do preço nas lanchonetes da academia espaço 10 : ART AID.

Realize atividade física sempre com um profissional de educação física. Esta é a melhor maneira de melhorar  sua saúde com total segurança e ótimos resultados. Bom treino.

2 comentários sobre “Artrose e Atividade Física

    Qual o preço e como posso comprar esse medicamento (Art Aid) com vocês?

    Responder

    Tenho artroze e me doi muito os joelhos e pernas, tenho 42 anos e gostaria de saber a melhor atividade fisica para eu fazer. seria idroginastica? ou musculação?

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.