Os Benefícios da Musculação para Corredores


Quando falamos em treinamento de força (musculação) para corredores nos vem à cabeça aquela pessoa forte que não pratica nenhum tipo de exercício aeróbico. Contradizendo o mito de que corredores não podem praticar musculação, estudos na área de Treinamento Desportivo e Fisiologia do Exercício comprovaram a importância de associar no treinamento de corrida, exercícios de musculação.

Mesmo quem não é atleta, mas corre o ano todo, precisa manter um mínimo de força para treinar. Assim o treinamento de força pode e deve ser trabalhado de várias formas e métodos, tanto de um modo geral como específico. Por isso um bom programa deve ser direcionado a aumentar as diversas manifestações da força, tais como: força pura, dinâmica, explosiva, Resistência Muscular localizada e endurance.

 

BENEFÍCIOS

São inúmeros os benefícios para o corredor quando ele inclui musculação em seu treinamento. A necessidade se torna cada vez maior devido ao aumento do numero de lesões nos músculos e articulações que certamente poderiam ser evitados com a realização de um treinamento de força adequado, supervisionado por um Educador Físico. Com isso, cito alguns benefícios dos exercícios físicos:

 

  • Correção de desequilíbrios musculares entre lado direito e esquerdo do corpo e diferenças de forças entre os músculos;
  • Melhora do sistema musculoesquelético (músculos, tendões, ligamentos e articulações), proporcionando menor probabilidade de lesões decorrentes dos movimentos repetitivos da corrida;
  • Maior habilidade e coordenação do esforço muscular necessário ao movimento, otimizando a eficiência na corrida;
  • Melhora da postura e da força muscular como um todo, e melhora da estabilização dos músculos do tronco e quadril responsáveis pela transmissão de força para os membros inferiores;
  • E para os mais velhos, além dos benefícios já citados inclui-se ainda a prevenção da sarcopenia (redução da massa muscular), e da osteoporose (diminuição da massa óssea) proporcionando um aumento do tamanho do músculo em decorrência do resultado do aumento nas proteínas contráteis e aumento da densidade mineral óssea diminuindo o risco de osteoporose e fratura por estresse.

 

 

RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES:

  • As séries, a carga e repetições devem ser escolhidas de acordo com a distância percorrida na prova;
  • A musculação pode ser feita no mesmo dia ou junto coma corrida desde que as duas sessões não sejam de alta intensidade;
  • O treinamento de força deve ser treinado o ano todo;
  • Os excessos devem ser sempre evitados. Treinar 2 a 3 vezes por semana em dias alternados pois combinará com um período de recuperação dos treinos fortes da corrida;
  • Qualquer corredor, amadores ou de elite, devem seguir orientações de profissionais de Educação Física habilitados pelo respectivo CREF(Conselho Regional de Educação Física);

 

CONSCIÊNCIA DO PRATICANTE E ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL GARANTEM UNIÃO DURADOURA E HARMÔNICA ENTRE CORRIDA E MUSCULAÇÃO.

LÁZARO MAIA BATISTA

Licenciado e Bacharel em Educação Física (UCSAL)

CREF: 006344-G/BA

 

Um comentário sobre “Os Benefícios da Musculação para Corredores


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *