Arquivos mensais: dezembro 2012

Musculação: Uma ferramenta eficaz no Emagrecimento

Eficácia da Musculação no Emagrecimento

Quando pensamos em exercícios para emagrecer, imediatamente lembramos de duas frases clássicas: exercícios aeróbicos emagrecem e exercícios de musculação engordam.

Algumas pessoas deixam de praticar a musculação porque acham que vão ganhar peso. “Ledo engano”. Embora já tenha acreditado que para emagrecer, bastava apenas realizar exercícios aeróbicos, como corrida, pedalada e aulas de ginástica, estudos mais recentes apontam que um bom programa de emagrecimento deve se incluir exercícios de musculação combinados aos aeróbicos.

As atividades realizadas com sobrecarga (pesos) visam o aumento do metabolismo reduzindo a gordura corporal e simultaneamente mantendo ou até mesmo aumentando a massa muscular, evitando o indesejado “efeito sanfona”, melhorando a estética, a locomoção, a força, o colesterol e os níveis glicêmicos, benefícios que se pensava apenas serem alcançados com exercícios aeróbicos. Para se ter uma ideia, a cada 1 kg a mais de massa muscular o corpo consome 15 kcal extras ao dia. Ao longo de um ano, se o individuo ganhar 2 kg de massa muscular ele terá um gasto extra de 10.000kcal (aproximadamente 2 kg).

Atualmente existem vários métodos de treino  na musculação que podem otimizar os resultados no processo de emagrecimento. Um recente estudo realizado na Universidade do Texas, nos Estudos Unidos, comparou 2 grupos de indivíduos ativos durante 12 semanas. No grupo 1 indivíduos que só realizavam atividades aeróbicas e no grupo 2 indivíduos que só realizavam musculação. Ao final do estudo comprovaram que o grupo aeróbico obteve perda de gordura sem alterar a massa muscular, e o grupo que realizou a atividade de musculação reduziu gordura corporal aumentando ainda a massa muscular, comprovando a eficiência da musculação no processo de emagrecimento.

COMO OBTER MELHORES RESULTADOS

Para obter melhores resultados foque em treinos mais intensos, substitua os treinos de 15 repetições por treinos de 8 a 12 repetições. Isso fará com que o treino fique mais intenso, aumentando o gasto calórico e elevando a taxa metabólica de repouso. É claro que a alimentação ganha grande importância, devendo ser a mesma, a base de alimentos saudáveis, evitando o jejum prolongado (acima de 3 horas), favorecendo assim a perda de peso. Vale ressaltar que se torna imprescindível a realização de avaliação  física de forma periódica,pois os praticantes de musculação tendem a ganhar massa muscular e reduzir gordura,não sendo refletida esta redução na balança.

Sem dúvidas, o melhor que se tem a fazer é associar dieta, exercícios de musculação mais exercícios aeróbicos, adequando o programa de treinamento as necessidades de cada individuo, biotipo e condicionamento físico atual. È claro que os resultados dependerão da sua freqüência diária, duração e intensidade dos treinos associada à alimentação.

Agora perca o medo da sala de musculação e descubra as maravilhas que lá te esperam. A monotonia e a falta de tempo não serão mais problemas. Procure agora mesmo o seu professor e organize seu treinamento voltado para sua disponibilidade de tempo e seus objetivos.

Bom Treino, Foco e Sucesso!

Lázaro Maia Batista (Professor da academia Espaço 10)
Pós graduando em Obesidade e emagrecimento (Gama Filho)
CREF: 6344 G/BA.