FREE PASS (Experimente a academia por três dias sem pagar nada)

Coluna vertebral x Dor nas costas
A coluna vertebral é constituída por um conjunto de ossos ou vértebras empilhadas umas sobre as outras de maneira funcional.


Vista de frente a coluna é reta, mas se observada lateralmente ela tem a forma de um “S”. Anatomicamente, a coluna vertebral é dividida em regiões que se chamam coluna cervical (pescoço), coluna torácica (tórax), coluna lombar (cintura), sacro e cóccix – o sacro se articula com a bacia de cada lado e o cóccix é formado por quatro pequenos ossinhos sem nenhuma função definida.

A coluna quando vista de lado mostra curvaturas que lembram a de um “S”, essas curvaturas são normais e chamadas de cifose e lordose. Existe uma lordose cervical, uma cifose torácica e um a lordose lombar. A cifose exagerada é anormal e se chama hipercifose. A lordose exagerada também é anormal e é chamada hiperlordose, sendo uma das causas da dor nas costas.

De frente a coluna vertebral é reta e, se observada de costas ela apresenta uma inclinação para o lado direito ou esquerdo, pode-se dizer que a coluna apresenta uma escoliose. As vértebras, principalmente as da coluna lombar podem apresentar também uma rotação, tanto as escolioses como as rotações presentes apresentadas principalmente em radiografias, devem ser investigadas por um médico especialista.

Não há idade ideal para se realizar exercícios físicos, porém a partir dos 40 anos de idade os exercícios podem ser realizados, porém com mais cuidado e com menos intensidade. Os exercícios podem ser realizados diariamente pelo menos 3 vezes na semana, alguns exercícios podem ser feitos ainda na cama o que o ajudará a ficar mais disposto; a musculatura aquecida fica mais relaxada e os exercícios serão feitos com o limite fisiológico de cada um.

Uma das causas das dores nas costas pode ser o envelhecimento ao qual há degeneração e o desgaste das estruturas da coluna como: vértebras, discos e ligamentos; o excesso de peso concentrado na barriga (obesidade abdominal) traz flacidez a esta musculatura aumentando as chances de dores.

Atualmente se aceita que fatores psicossociais podem até ser determinantes das dores nas costas; tensão emocional pode transformar a coluna em um órgão de dor onde o indivíduo descarrega as suas ansiedades e frustrações, principalmente a coluna cervical.

Lorena Coelho
comments powered by Disqus




Clique e leia a matéria.
Aulão Fit Dance

Dica do Mestre: Utilização das borrachas nos membros inferiores


VERÃO batendo na porta e... QUAL O SEU OBJETIVO com a Academia?



Banner Free Pass ×