FREE PASS (Experimente a academia por três dias sem pagar nada)

Cristiane Melo - Coordenadora de Ginástica da Espaço 10
Cristiane Vieira de Melo está na Espaço 10 desde, praticamente, sua inauguração.


Chegou um mês depois do lançamento da Academia em 2000. É casada com Tobias Sandes, professor de musculação da Academia Well, parceira da Espaço 10. Apaixonada pelo marido, também é "louca" pela profissão que abraçou, a Educação Física. Suas aulas na Academia são marcadas pela vibração e entusiasmo, que contagiam todos os alunos. Estes, se declaram seus fãs na comunidade da Espaço 10 no Orkut. Confira um pouco da trajetória e das idéias da professora Cristiane:

Quer dizer que você quase vai para a área de Ciências Exatas ?

Cristiane - É verdade. Fiz curso técnico de Desenho Arquitetônico e quando acabei o segundo grau, queria fazer Arquitetura. Comecei a trabalhar numa empresa da área de Engenharia e, ao mesmo tempo, entrei numa academia, pois era "gordinha". Uma academia lá no Barbalho ... Foi quando descobri aquele "mundo" da musculação e ginástica. Nunca tinha entrado numa academia antes e fiquei encantada. Pensei: "Queria trabalhar nisso". Tinha 17 anos e não sabia como era o curso de Educação Física.

Continuei malhando, sai da empresa, passei a trabalhar numa loja de shopping e comecei a pensar no vestibular. Desisti de Arquitetura. Não era minha cara ficar lidando com números, retas, traços ... Sai da loja e fiz vestibular para Educação Física.

Disse para o meu pai que havia feito vestibular para Fisioterapia, pois ele não queria que eu fizesse Educação Física. Já minha mãe sabia da minha opção e do meu encantamento pelo trabalho em academia de ginástica. Já tinha muitas amizades na academia e havia procurado informações sobre a Educação Física.

Nem acreditei quando vi meu nome na lista de aprovados da Católica (Universidade Católica do Salvador). Foi quando minha mãe me ligou e avisou que meu pai já sabia da minha aprovação. Ele comentou depois comigo que fez "papel de palhaço", procurando meu nome na lista de Fisioterapia.

Hoje, estou concluindo o curso, adequando à minha carga horária de trabalho.

E sua vida profissional na área de Educação Física ... onde você começou ?

Cristiane - Numa academia no bairro da Boca do Rio como estagiária. De lá, fui para um colégio em Mussurunga, sendo professora de turmas da 5ª a 8ª séries. Fiquei um ano por lá e depois fui trabalhar com hidroginástica. Posteriormente, passei a me dedicar à área de ginástica. Foi quando vi um anúncio na faculdade de uma vaga na Academia Espaço 10, que estava sendo inaugurada na Piedade. Deixei para lá, porque só tinha no meu currículo uma academia e uma escola. Pensei: "Eles não vão me aceitar". Foi quando uma colega minha, Cláudia, foi chamada pela Espaço 10. Tomei coragem e vim conversar com "Sr. Manoelito" (Manoelito Magalhães, coordenador administrativo da Espaço 10). Expliquei que dava aulas de ginástica, estava começando e que, por este motivo, tinha preferido conversar pessoalmente. Após o primeiro contato com a Espaço 10, fui dar aulas na Academia Ritmus, no bairro de Nazaré.

A Espaço 10 foi inaugurada, Cláudia começou a trabalhar e eu imaginei que não seria chamada. Mesmo assim, continuei ligando para Manoelito, até que a oportunidade apareceu. Primeiro, ele foi assistir uma aula minha na Ritmus. Depois, fui convidada a participar de uma seleção na Espaço 10, sob a observação de Vinícius, Manoelito e Genilson, um ex-professor daqui. Dei o máximo de mim e aguardei com ansiedade o resultado, que acabou sendo positivo.

E de lá para cá, até chegar à coordenação ?

Cristiane - Comecei com uma carga horária pequena, que depois foi ampliada. Sempre gostei de incentivar e ajudar a organizar os "aulões", uma experiência que tinha trazido da época em que era aluna. Também participei de um workshop do Body Combat no Bahiano de Tênis. Voltei entusiasmada, sugerindo que a Espaço 10 também tivesse a modalidade. Foi quando Manoelito entrou em contato com a Body Systems e fui escolhida para fazer o curso do Combat. Fizemos um lançamento "show" aqui na Academia. Depois veio o Body Pump e foi o mesmo processo. Com o tempo, surgiu o convite para que assumisse a coordenação de ginástica da unidade Piedade. Fui a primeira coordenadora da Espaço 10 ao lado de Vinícius (Vinícius Galvão, coordenador técnico), que até então acumulava a musculação e a ginástica.

Fiz muitos cursos, tanto pela Espaço 10, quanto por conta própria, nas áreas de liderança, gerenciamento, coordenação, além do Body Pump e Body Combat. O próximo curso será o do IHRSA em São Paulo (6ª IHRSA Fitness Brasil - Latin American Conference e Trade Show).

E as aulas ... quais são as que você está à frente na Espaço 10 ?

Cristiane - Body Pump, Body Combat, Jump, Local, GAP, Power Trainning, Power ABD, Step, Alongamento ... Todas, menos as de dança, que ficam com Maurício e Fábio.

Quais as suas atividades além da Espaço 10 e a conclusão do seu curso ?

Cristiane - Sou professora da Well (Well Fitness Club) às quartas e sextas.

Percebemos que você é bem dinâmica em suas aulas ... Qual o segredo para essa energia toda ?

Cristiane - Eu posso estar com qualquer problema, mas quando entro na academia, penso: "Vim aqui para dar aula. As pessoas que estão ali na sala não querem saber dos meus problemas, de cansaço. Elas querem o melhor de mim". Eu amo Educação Física. Se algum dia sair do ramo de Educação Física, quero entro ramo de Educação Física (risos ...). Gosto de trabalhar com pessoas.

Alguma dieta especial ?

Cristiane - Não, eu como tudo, menos fritura e gordura. A última vez que comi um acarajé, passei mal (risos ...).

Você tem conhecimento que no fórum da comunidade da Espaço 10 no orkut tem um tópico "Nós amamos a professora Cristiane" ?

Cristiane - É mesmo ?? Poxa, que massa (risos ...) ... Chega me arrepiei .... (Comunidade Espaço 10 no Orkut)

E essa empatia com os alunos ... ?

Cristiane - Eu procuro ser amiga de todos. Além de professora, procuro escutar mesmo fora da aula ... Não sei se é a pessoa Cristiane ou a professora Cristiane, as duas estão ligadas, é difícil separar. Sempre foi assim, inclusive com os colegas. Sempre sou maleável e nunca deixo as situações chegarem ao limite, busco a solução de forma amigável.

Como é dar aulas de ginástica para turmas tão heterogêneas ... pessoas que chegam em forma, outras exatamente em situação oposta ?

Cristiane - Os que têm um histórico de atividade física, são mais fáceis de serem trabalhados em sala, pois muitas coisas estão envolvidas, como coordenação, "batida" da música ... Antes da aula, converso com os que têm mais dificuldades, e recomendo que "se não puder fazer rápido, faça mais devagarzinho ... se estiver cansado, pare, beba água, descanse um pouco". Dou opções para que ele não desista.

E o trabalho com grupos especiais ... idosos, hipertensos, obesos ?

Cristiane - Fazemos um Par-Q (questionário) e ficamos com todo o histórico do aluno. A partir dai, cada um faz a aula no seu ritmo. Procuro acompanhá-lo de perto, para que não exista qualquer tipo de comprometimento com a sua saúde.

Quer dizer que existem casos de alunos que chegaram fora de forma e hoje estão na área de Educação Física ?

Cristiane - O melhor exemplo é o da professora Elvia, que foi minha aluna, era gordinha, mudou de profissão, e hoje é professora da Espaço 10. Tive outros alunos que também foram para a área de Educação Física.

Qual o trabalho que a sua área tem feito na retenção de alunos na Academia ?

Cristiane - Observo que as pessoas estão carentes de carinho, pela rotina estressante do dia-a-dia. Tenho buscado, então, trabalhar a questão do relacionamento professor/aluno. Ouvir mais, atendê-los bem, saber tratar de forma diferenciada de acordo com a pessoa, já que cada um gosta de ser abordado de uma maneira.

Uma mensagem para a galera que ama as suas aulas e para aqueles que ainda irão conhecê-las...

Cristiane - No curso da Body Systems, eles pedem para tirarmos uma foto e, imediatamente depois, pedem que a gente diga uma frase. A que escolhi foi: "Viver para vencer". Me perguntaram para explicar a frase depois. É mais ou menos o seguinte: Entrei na profissão para vencer, não quero ser apenas mais uma. Quis entrar na Espaço 10, encontrei obstáculos e os superei. Quando você quer, tem que ir atrás, que você consegue.

Entrevistador
comments powered by Disqus




Clique e leia a matéria.
Aulão Fit Dance

Dica do Mestre: Utilização das borrachas nos membros inferiores


VERÃO batendo na porta e... QUAL O SEU OBJETIVO com a Academia?



Banner Free Pass ×