FREE PASS (Experimente a academia por três dias sem pagar nada)

Diabetes e Atividade Física
Diabetes Melitus é uma doença cada vez mais presente na atualidade.


Isto por conta do aumento da expectativa de vida, hábitos alimentares menos saudáveis e mais calóricas, e diminuição do dispendio energético diário decorrente da evolução tecnológica, insegurança, etc. Infelizmente, assim como a hipertensão, diabetes é uma doença silenciosa e só passa a ser percebida quando há rápida perda de peso, sede constante,dificuldade de cicatrização de ferimentos ou diante da realização de exames laboratoriais.

Os dois tipos de diabetes são, o tipo 1, onde o indivíduo não produz mais insulina e na qual o tratamento de base é a aplicação exógena da mesma, e o tipo 2, onde apesar de o indivíduo produzir insulina, o organismo aumenta a resistência em aceitar sua função: manter a quantidade ideal de açúcar no sangue, enviando este açúcar, quando em excesso, para as células musculares ou de gordura.

Açúcar em excesso circulando na corrente sanguínea é ''venenosa'' para todo organismo (células), assim como sua escassez. Por isso, no diabético, existe a necessidade do monitoramento deste macronutriente periodicamente, para evitar , durante a atividade física,estados de hipoglicemia e coma hipoglicêmico (choque insulínico), ou vice-versa, hiperglicemia e conseqüentemente entrar em estado de torpor ou até mesmo em coma diabético, muito menos grave e comum.

Diabéticos principalmente tipo 1, só deveriam exercitar-se seguramente portando glicosímetros (portáteis) e com níveis de glicose entre 160 e 250 mg/dl.

O monitoramento deverá ser inicialmente realizado antes, durante e pós atividade física. O horário de utilização de insulina lenta, rápido ou ultra- rápida, cabe à interação médico- educador físico, assim como dosagem, local de aplicação e horário de ingestão de carboidratos.

A atividade física regular e bem orientada contribui tanto na prevenção, quanto no tratamento desta patologia.

O aumento gradual do percentual de gordura corporal (obesidade) é geralmente acompanhado da maior incidência de doenças crônico-degenerativas, dentre elas, o diabetes tipo 2. A prática da atividade física acompanhada de dieta bem elaborada faz reduzir este perfil e com isto, melhorar a saúde geral desta pessoa: redução da pressão arterial, melhora da formula sanguínea, e dentro desta, as taxas de colesterol e açúcar.

Deduz - se, com isso,que a prevenção de todas estas doenças está no controle do peso corporal, sendo a obesidade, assim como o fumo, as maiores preocupações atuais com relação á morbidade (doença) e mortalidade da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Faça da atividade física uma prática saudável e permanente.

Vinícius Galvão
comments powered by Disqus




Clique e leia a matéria.
Aulão Fit Dance

Dica do Mestre: Utilização das borrachas nos membros inferiores


VERÃO batendo na porta e... QUAL O SEU OBJETIVO com a Academia?



Banner Free Pass ×