FREE PASS (Experimente a academia por três dias sem pagar nada)

Exercício e Qualidade de Vida
Em toda a história da humanidade a atividade fisica esteve a ssociada a pessoas saudáveis, os romanos já mencionavam: mens sana in corpore sano.


É importante lembrar que a saúde da pessoa repousa sobre duas colunas: a constituição genética e as condições ambientais. Dentre estes que estimulam a saúde das pessoas estão os exercícios físicos, a boa alimentação, a higiene, o sono e a recuperação adequada a esforços físicos e mentais.

Consideração de importância é a de que os benefícios do exercício são comuns a todos os tipos de atividade física, esportiva ou laborativa, desde que os esforços não sejam excessivos em relação à condição física da pessoa. O exercício é uma forma de sobrecarga para o organismo. Sobrecargas bem dosadas estimulam adaptações de aprimoramento funcional, mas quando excessivas, produzem lesões ou deterioração da função. O sedentarismo caracteriza-se por uma ausência de sobrecargas para todo o sistema neuro-músculo-esquelético e metabólico, levando ao enfraquecimento progressivo de estruturas com funções biomecânicas, e à alterações funcionais que estatisticamente se correlacionam com maior incidência ou gravidade de doenças. Com base em estudos epidemiológicos e fisiopatológicos, formou-se o consenso de que os exercícios estimulam a saúde em diversos aspectos:

Alívio de tensões emocionais.

Melhora da composição sanguínea.

Redução da pressão arterial.

Estímulo ao emagrecimento.

Aumento da densidade óssea.

Aumento da massa muscular.

Desenvolvimento da aptidão física.

Um dos aspectos que não pode ser esquecido, em função de sua importância para a vida em sociedade, é a deterioração da forma do corpo conseqüente ao sedentarismo. A falta de exercícios leva à diminuição progressiva da massa muscular e à tendência para o acúmulo de gordura. Tendo os músculos consistência firme e formas arredondadas, sua função é modeladora, tanto no homem quanto na mulher. O tecido adiposo, de consistência flácida e sem forma definida, é o elemento deformante do corpo.

Na sociedade, a solução habitual para o sedentarismo imposto pelas atividades intelectuais são os centros de atividade física, como as academias e os clubes que possuem equipamento profissional e um leque de ferramentas para realização de programas de treinamento ideal para cada objetivo.

A avaliação inicial para alguém que pretende iniciar um programa de exercícios físicos é um aspecto que merece muita consideração. As recomendações estabelecidas pela acsm (american college sport medicine) dos EUA, é de que homens e mulheres que desejam começar um programa de exercícios, realizem exames tradicionais como: teste ergométrico, eletro cardiograma e eco cardiograma, exames laboratoriais e ortopédicos. Numa consulta médica serão avaliados antecedentes familiares e pessoais, sinais e sintomas de possíveis fisiopatologias.

A avaliação física, desenvolvida pro profissionais de educação física é uma excelente ferramenta para analisar-se aptidões físicas (força e flexibilidade) e composição corporal (% gordura e massa muscular) para aperfeiçoar os objetivos individuais.

A mudança de hábitos alimentares também é uma grande ferramenta para uma vida mais saudável e melhores resultados estéticos, nesse caso os nutricionistas devem ser consultados.

Apertado o start da saúde e qualidade de vida, é muito importante a escolha de uma boa academia, que tenha a proposta de oferecer um serviço de qualidade, com profissionais competentes, especializados e preparados que estejam aptos para planejar e orientar um programa de condicionamento físico adequado para cada objetivo proposto.

Bruno Torres
comments powered by Disqus




Clique e leia a matéria.
Aulão Fit Dance

Dica do Mestre: Utilização das borrachas nos membros inferiores


VERÃO batendo na porta e... QUAL O SEU OBJETIVO com a Academia?



Banner Free Pass ×