FREE PASS (Experimente a academia por três dias sem pagar nada)

Hilca é nossa entrevistada
Hilca dos Reis Sales, 24 anos, assistente social, tem apenas um mês na Academia Espaço 10.


Divide o seu dia entre a malhação, suas atividades profissionais e um curso de pós-graduação. Há quatro anos viveu uma experiência inesquecível em sua vida, participando do Programa "No Limite" da Rede Globo. Batemos um papo com Hilca logo após a sua malhação. Confira:

Pouco tempo de Academia ... Como foi a recepção aqui na Espaço 10 ?

Hilca - Muito legal. O pessoal super receptivo ... muito amigo. Não tem aquela questão de discriminar alguém que está acima do peso. Isso é muito bom.

O que te motivou a entrar numa academia de ginástica ?

Hilca - Saúde né ? Estou precisando entrar em forma.

E na Espaço 10 ?

Hilca - Eu já tinha escutado sobre a Espaço 10. Algumas pessoas amigas já tinham feito academia aqui, elogiaram os professores, a diversidade das aulas. Já estava com a idéia fixa desde o início do ano de entrar na Espaço 10.

E como está sua programação na Academia ?

Hilca - Estamos trabalhando com a perda de peso. Estou fazendo acompanhamento com um endocrinologista, com uma meta de emagrecer vinte quilos. Paralelamente, exercícios físicos devidamente acompanhados aqui na Espaço 10.

E a dieta ?

Hilca - A base de fibras, soja, arroz integral... Já que não como carne, não gosto de nenhum tipo de carne, estou tentando me habituar a comer esses alimentos, além das frutas, que até então não era muito "chegada". Também, deixando de lado alimentos gordurosos, chocolates, refrigerantes e a cerveja do happy-hour.

Sem folga ?

Hilca - (risos) Não, uma vez por semana tá permitido ... tem que aproveitar (risos).

Mudando de assunto ... Você participou da primeira edição do Programa "No Limite" da Rede Globo em 2000. Como é que começou essa "aventura" ?

Hilca - Eu estava na porta da UCSal na Federação, esperando o ônibus após a aula. Estava sozinha no ponto, quando um carro da Tv Bahia parou, surgindo o convite para o teste.

Quando cheguei para o teste, num hotel aqui em Salvador, tinham mais cinquenta meninas. Não botei fé, fui mais pela "gandaia". Como estava mais na brincadeira, acho que fui a mais espontânea nos testes de voz e câmera. Depois de uma semana, recebi a notícia de que tinha sido aprovada para mais uma etapa de testes no Rio de Janeiro.

Para o Rio de Janeiro fui com Ânderson, daqui de Salvador também. Lá, juntamente com outras pessoas, fizemos exames médicos, psicológicos, entrevistas com Pedro Bial, Zeca Camargo, Boninho, outros diretores da Globo. Uma semana depois, já em Salvador, recebi a notícia de que tinha passado. Ai foi só o tempo de tomar algumas vacinas e viajar para Recife, onde gravamos o Programa.

A gravação foi em Recife ?

Hilca - Numa ilha próxima ....

E a partir dai ... como foi ?

Hilca - A recepção foi muito boa. Todos lá da Globo me receberam muito bem mesmo, nos acolheram muito bem.

Às vezes me perguntam se existiu alguma "armação". De maneira alguma .... não existiu nenhuma "armação". Tudo foi muito real ... A gente passar fome, não ter água para beber, perder peso, dormir no chão, tudo foi real.

Após a chegada ao acampamento, não tivemos mais contato com o pessoal da Globo. Só após a eliminação.

Fiquei apenas uma semana, mas deu para perceber que a coisa era "dura", não era fácil não.

Qual foi o maior sufoco que passou nessa semana ?

Hilca - Um frio de cinco graus. Saí daqui de Salvador com um calor imenso e senti muito frio por lá. Além de ter que dormir no chão .....

O que é que você tirou desta experiência ?

Hilca - A experiência serviu para que valorizasse as coisas que tenho. Nada que você tem é pequeno ... Temos que todo dia, ao acordar, agradecer porque temos muito. A gente tem casa, comida, bebida ... Hoje, valorizo muito mais as coisas que tenho, as pessoas que estão próximas de mim. Senti muita saudades delas, da minha cama, meu cobertor...

Após o término do Programa, você se encontrou com os demais participantes no Programa do Faustão e num ensaio da Escola de Samba Mangueira ...

Hilca - Quando cada um ia sendo eliminado, se escondia em um canto diferente para despistar a imprensa. Só fui liberada depois de três semanas. Fui para o Rio de Janeiro, Fortaleza, Porto Alegre. Os jornalistas procuraram minha família, colegas e diretora da Faculdade, atrás de uma pista.

O reencontro foi no Faustão. Logo após o Programa, fomos ao ensaio da Mangueira, onde encontramos D. Zica, Carlinhos de Jesus, nos ensinaram passos de samba. Foi um dia muito bom, inesquecível.

Ainda encontra os companheiros do "No Limite" ?

Hilca - Fizemos uma amizade muito forte, ainda me arrepio quando falo. Ainda tenho contato com Juliana, Tiago, que são de São Paulo, com Pipa lá do Rio Grande do Sul. Fui, inclusive, para o casamento dela. Também com Vânderson, que agora está trabalhando com dança na Alemanha e sempre manda e-mail prá mim.

Com Elane, a vencedora do Programa, passei dias maravilhosos na Praia do Forte e Costa do Sauípe, nos divertimos muito. Me correspondo por e-mail também com Amendoim, o que é líder comunitário na Rocinha.

Desde a época da dispersão, quando ficamos escondidos, os meninos me ligavam. Criamos um elo muito grande, eles me chamam de "irmãzinha", pelo fato de eu ser a mais nova do grupo.

E na volta para Salvador, sua vida mudou muito ?

Hilca - Mudou completamente. Em qualquer lugar que eu fosse, era reconhecida. Isso assusta muito, tinha vontade de correr ... Um dia fui ao Iguatemi comprar uma roupa para ir ao Programa do Faustão e foi uma coisa assim ... sabe Xuxa (risos) ... nesse estilo (risos) ... vinham prá cima de mim, "é ela, é ela ...", "me conte como foi", "me dê um autógrafo" ... e eu sou muito recatada nas minhas coisas, muito reservada. Tive que trabalhar muito isso em mim, aceitar que estava famosa.

Rendeu frutos a participação no Programa ?

Hilca - Cada um dos participantes ganhou um carro. A fama também me abriu algumas portas, foi bom, aproveitei.

Chegou a passar por sua cabeça trocar sua profissão por alguma atividade ligada à tv ... ?

Hilca - Nunca. Recebi até uma proposta para trabalhar num programa da Globo com Camila Pitanga e Marília Pêra. Me chamaram para fazer uma participação, mas eu não quis. Achava que tinha que continuar na minha profissão.

Se você colocar na cabeça que aquilo vai passar, você não toma nenhuma "queda". Tem muita gente que participa de "reality show" e acredita que a vida vai ser aquilo ali, e não é. A gente tem uma vida, aquilo é apenas uma experiência. Nunca pensei em largar minha faculdade, fiz minha matrícula, não larguei, formei no tempo certo.

O Programa No Limite serviu como uma grande experiência, me rendeu frutos e não vou esquecer nunca.

E o seu dia-a-dia ?

Hilca - Pela manhã, Academia Espaço 10. À tarde, trabalho e muito no Instituto de Previdência de Salvador (IPS) na área de treinamento e seleção e à noite faço um curso de pós-graduação MBA em Recursos Humanos. Sou uma jovem normal. Estudo, trabalho, penso em melhorar de vida como todo mundo, tenho meu namorado, minha família, minha mãe que amo muito ...

... e tem uma história para contar pelo resto da vida ...

Hilca - (risos) ... sempre estou contando, todo mundo me pergunta. Tenho paciência de contar, explicar como foi ... é bom.

E sua família ... Como se posicionou com sua ida ao Programa e à sua idéia de malhar ?

Hilca - Minha mãe sempre me incentivou à prática de exercícios físicos. Ela me dá muita força, não quer que eu pare, me acorda todas as manhãs para que eu venha para a ginástica.

Quanto ao Programa, ela "pirou". Não queria que a filha única fosse para um programa de tv que ela nem sabia do que se tratava, já que só fomos saber depois. Para ela foi um trauma muito grande, até hoje fala ... Mas ela compreendeu que foi bom para mim, que eu amadureci com a experiência.

Uma mensagem para a turma que acessa o site ...

Hilca - Aproveitar o hoje sempre, não deixar passar nenhuma oportunidade de vida. O que você puder agarrar, agarre hoje, não deixe para amanhã não. A nossa vida é muito curta e se a gente valorizar tudo que tem, vai se dar bem sempre.

Entrevistador
comments powered by Disqus




Clique e leia a matéria.
Aulão Fit Dance

Dica do Mestre: Utilização das borrachas nos membros inferiores


VERÃO batendo na porta e... QUAL O SEU OBJETIVO com a Academia?



Banner Free Pass ×