FREE PASS (Experimente a academia por três dias sem pagar nada)

Joelson Ferreira, o Jojobeu, é nosso entrevistado
Joelson Ferreira, 25 anos, Bacharel em Ciências Contábeis pela UFBa., faz Pós Graduação em Contabilidade Pública, trabalha oito horas em sua área, e malha três horas por dia na Academia Espaço 10.


"Jojobeu", nickname no Orkut ou no chat do Terra, ou mesmo "Celebridade", como é conhecido pelos companheiros de Academia por sua aparição em programa de tv, tem fascinação por ônibus e o grande sonho de se tornar empresário do setor de transporte público.

Confira um pouco sobre Joelson, um apaixonado pelos "busus":

Conte-nos um pouco sobre seu dia a dia profissional ... você trabalha em sua área ?

Joelson - Sim, trabalho como contador em uma instituição de ensino superior. São oito horas por dia lidando com "números".

Depois, vem para a Espaço 10 ?

Joelson - Sim, todos os dias, de segunda a sexta. Fico em torno de três horas na Academia. Faço a parte de musculação e também a parte aeróbica, como o body combat, o jump e o swing.

Há quanto tempo você malha na Academia ?

Joelson - Malhei na Espaço 10 de maio de 2003 a março de 2004. Retornei agora em dezembro.

Com que objetivo você entrou na Espaço 10 ?

Joelson - Com o objetivo maior de emagrecer, eu era muito gordo. Além da dieta, precisava fazer musculação para modificar o corpo, ganhar massa muscular.

Em sua primeira passagem pela Academia, você chegou a perder peso ? Quanto ?

Joelson - Sim, perdi mais ou menos dez quilos.

E com a interrupção, voltou a engordar ?

Joelson - (risos) Recuperei todo o peso.

E hoje, você está fazendo algum controle na alimentação, além da malhação ?

Joelson - Procuro controlar a alimentação. Fiz uma consulta com a nutricionista da Espaço 10 e estou procurando seguir suas indicações. Reduzindo a quantidade, aumentando o consumo de fibras.

Quando você perdeu dez quilos, como foi a repercussão com os amigos, com a família, as mulheres ?

Joelson - Os amigos de faculdade, a família, todos observaram a mudança. As mulheres ... sucesso, fiquei uma pessoa bonita também (risos) ...

E sua paixão pelos ônibus ... você já foi entrevistado pela tv por conta do hobbie de "andar de ônibus" ?

Joelson - Sim, pela Tv Bahia, no Rede Bahia Revista. Sempre fui ligado aos ônibus, sempre prestei atenção às novidades, mudanças no sistema. Para observar isso, eu tinha que, consequentemente, andar de ônibus. Quando tinha tempo livre, ainda adolescente, saía após a aula, andando de ônibus.

E você faz isso até hoje ?

Joelson - Hoje eu tenho pouco tempo. Quando sobra um "tempinho", se eu quero ir, por exemplo, da Piedade ao Iguatemi, e tem um roteiro que dura vinte minutos, prefiro um que seja de uma hora (risos) ...

E você vai observando a cidade, o que mudou nos bairros ... ?

Joelson - Não ... observo especificamente os ônibus, as mudanças de empresas, linhas, os itinerários, se aumentou o número de ônibus ... Desenvolvi um projeto para apresentar à Prefeitura.

E o que falta para apresentar o projeto ?

Joelson - O projeto já está pronto. Ainda não o apresentei ao prefeito ou a secretário de transportes, por estar em fase de registro dos direitos autorais. Quero apresentar à Prefeitura e ela ficar livre para usar como quiser, mas preciso me precaver para que ninguém se aproprie destas idéias.

De que trata o projeto ?

Joelson - Visa melhorar a estrutura do transporte, mudanças de linhas, algumas obrigações que as empresas não cumprem hoje, questões de horários, conforto para os passageiros, estimulando-os a "andar" de ônibus.

O objetivo é o de que as viagens fiquem mais agradáveis para os que já usam o transporte público ou o de motivar que pessoas troquem o transporte particular pelo público, melhorando o tráfego da cidade ?

Joelson - Num primeiro momento, para melhorar o conforto de quem é obrigado a usar o transporte, requerendo um investimento por parte das empresas. Depois, atrair as pessoas que utilizam o transporte individual. A partir do momento que o transporte não demore, os bancos sejam confortáveis, os ônibus tenham ar-condicionado, as pessoas, num trajeto curto, vão deixar de usar o carro para pegar o ônibus, aumentando consequentemente a receita das empresas.

Esta ação resultaria numa melhoria do tráfego ?

Joelson - Acredito que sim, pois um ônibus carrega, no mínimo, quarenta e três pessoas sentadas, e um carro anda com uma ou duas pessoas em média. Um ônibus equivaleria a vinte carros ...

A implantação do metrô em Salvador não já vai obter estes resultados ?

Joelson - O metrô em Salvador, na minha opinião, não deve ser utilizado como transporte principal devido à topografia da cidade, e sim como um transporte complementar. Regiões altas da cidade como Centro, Liberdade e Brotas, o metrô não vai atingir.

A troca recente de governo municipal facilita de alguma forma a aprovação de seu projeto ?

Joelson - É mais fácil, mas continua sendo difícil, pois depende de muita força política. Para o prefeito aprová-lo, vai ter que lutar contra os empresários, vai ser uma verdadeira "queda-de-braço". A lucratividade deles é alta atualmente e dificilmente eles vão querer implantá-lo, pois os custos vão aumentar e a margem de lucro diminuir. Vão querer que a Prefeitura reponha, subsidie o transporte.

O preço da passagem em Salvador (R$ 1,50) é justo ?

Joelson - Para o serviço que é oferecido, é caro. Se a qualidade do serviço fosse maior, seria justo.

E as gratuidades ... não encarecem o sistema ?

Joelson - Idosos e deficientes devem continuar sendo assumidos pela Prefeitura, como acontece hoje. Já o pessoal da Polícia Militar, Correios, oficiais de justiça, cada instituição deveria assumir a sua despesa com o transporte. Acho injusto o que acontece hoje.

No projeto, a cada benefício dado ao usuário, foi feita uma contrapartida para a empresa. O próprio sistema vai compensar esta perda de receita, para os casos dos idosos e deficientes.

Os motoristas e cobradores de ônibus em Salvador estão preparados para servir bem a população ?

Joelson - Ainda não, mas têm melhorado muito. Acredito que, em parte, isso se deve a falta de educação do usuário. Presenciei numa linha do STIEP-Vale dos Rios, por exemplo, uma relação bastante amigável entre motorista e passageiros. Creditei isto aos próprios passageiros, que são educados. Em alguns casos, os passageiros descarregam seus problemas do dia-a-dia no motorista, e este acaba por parar fora do ponto, acaba revidando ...

Você pretende um dia trabalhar nessa área de transportes públicos ?

Joelson - Pode ser. Quando eu era criança, sonhava em ter uma empresa de ônibus.

Voltando às suas "andanças" de ônibus, curiosidades que você possa registrar ?

Joelson - Casos como um "engarrafamento de pedintes", quando um tentou subir, mas não pôde porque já tinha um pedindo. Outro, que a mulher ficou no meio do corredor, tentando guardar dois lugares em lados opostos, e acabou caindo. Em época de carnaval, o pessoal entrando pelas janelas ... Também, já fui assaltado dentro de um ônibus.

Qual sua linha de ônibus predileta ?

Joelson - A que mais gosto de pegar é a Santa Mônica-Pituba. Ela é grande, demora uma hora de duração entre um ponto e outro, e depois mais uma hora para retornar. Gosto também das linhas circulares. Gostava muito de ir para a Estação Pirajá, porque lá você desce de um ônibus e sobe em outro de graça. Ia para Itapoã e voltava, ao Aeroporto e voltava, conheci a cidade quase toda assim ... Palestina, Valéria, o subúrbio ...

Qual o maior tempo que você ficou dentro de um ônibus em Salvador ?

Joelson - Com engarrafamento, já fiquei três horas "de relógio".

Qual seu maior sonho ?

Joelson - Ainda continua sendo ter uma empresa de ônibus, ser empresário.

Uma mensagem para quem acessa o site da Espaço 10 ...

Joelson - Acreditem em todos os objetivos e lutem por eles, que vocês os alcançarão, seja o que for.

Entrevistador
comments powered by Disqus




Clique e leia a matéria.
Aulão Fit Dance

Dica do Mestre: Utilização das borrachas nos membros inferiores


VERÃO batendo na porta e... QUAL O SEU OBJETIVO com a Academia?



Banner Free Pass ×