Propriocepção
São os receptores de proteção das articulações do nosso corpo.


A propriocepção é um procedimento fisioterápico e terapêutico, em que pessoas portadoras de patologias traumato-ortopédicas se utilizam para a recuperação de lesões e também como profilaxia. No nosso sistema músculo-esquelético existem receptores (mecanoceptores) que desempenham um importante papel de proteção e defesa do sistema, pois eles respondem a uma candidatura violenta, a um estiramento ou a uma instabilidade maior que venha colocar em risco a integridade física das pessoas que praticam ou não atividade física vigorosa.

Esses receptores recebem a informação do trauma através da inervação aferente, que por sua vez transmitem a mensagem-resposta de defesa (velocidade de contração ou relaxamento) até o sistema ósteo-articular por via eferente, evitando, por conseguinte, uma lesão, tudo isso ligado ao Sistema Nervoso Central. Os indivíduos que mais podem se beneficiar com essa prática terapêutica são os atletas e os idosos.

Os esportes em si exigem demais dos atletas, onde em alguns deles são realizados movimentos mais bruscos, impactos excessivos, mudança de direção, contato físico, dentre outros, necessitando, portanto, do treinamento proprioceptivo. Os idosos também precisam trabalhar seus mecanismos protetores, pois com o passar da idade perdemos o equilíbrio corporal e a propriocepção funciona muito bem como um procedimento de defesa e manutenção do equilíbrio desses indivíduos, evitando, assim, traumas, quedas e possíveis fraturas.

Portanto, o procedimento proprioceptivo é extremamente importante, pois eles bem ativados e potencializados de forma eficiente podem melhorar muito o sistema de proteção ósteo-mio-articular, além de melhorar o equilíbrio, ajudando na prevenção ou recuperação de grandes traumas ortopédicos.





Confraternização de Festas Juninas - Espaço10 Academia (Campo Grande e Piedade)

Diabetes Melitus


O que você gosta de ouvir enquanto malha?